julho 30, 2010

julho 29, 2010

Ray Brown

O incontestavel mestre das 4 cordas aqui recordado, um exemplo de vida.
Tanto a tocar como na area do ensino, o mestre Ray Brown, fez escola e tocou com os melhores, dispensa qualquer tipo de comentario, é mesmo melhor ouvi-lo...

julho 28, 2010

Al Haig

Pianista da velha guarda, mais precisamente dos tempos glamorosos do be bop, Al Haig teve um clube e foi muito importante na divulgacäo desta musica.

Isn `t it romantic

Sonny Rollins + Thelonious Monk

Muito já se disse aqui sobre Rollins e muito fica por dizer. Ouça-mo-lo num clássico de Monk, Reflections, num dos períodos mais áureos.

julho 27, 2010

Brad Shepik

Brad Shepik, um nome emergente na guitarra jazz a ter em conta.

Um pequeno apontamento deste trio...

 

 Um tema do album Places You Go...

julho 26, 2010

Steps Ahead

Steps Ahead, uma das melhores referências do jazz de fusão ombreando com Weather Report, albergou muitos dos grandes nomes do jazz como Steve Gadd, Michael Brecker, Eliane Elias, Warren Bernhardt, Rachel Z, Peter Erskine, Tony Levin, Darryl Jones, Eddie Gomez... etc. a lista é longa.
Mike Mainieri, membro fundador, brinda-nos com um dos seus espectaculares solos de vibrafone e o saudoso Michael Brecker com um solo naquele peculiar e maravilhoso instrumento electrónico da AKAI, o  EWI ( ElectronicWind Instrument) que Michael era um dos poucos que o dominava com mestria e criatividade.

julho 25, 2010

Bill Evans - sax

Bill Evans é um dos "filhos" de Miles Davis. Iniciou a sua notoriedade integrando uma das formações do génio.
Aparece-nos aqui com uma maravilhosa prestação, fazendo lembrar Dave Liebman, uma das suas influencias. Optima banda...

Bill Evans - Soprano Sax
Randy Brecker - Trompete
David Kikoski - Piano
Victor Bailey - Baixo Electrico
Steve Smith - Bateria


julho 24, 2010

Paco de Lucia

Paco De Lucia, nascido na Andaluzia, filho de Lúcia Gomez, portuguesa de Castro Marim, mestre do flamenco e de outras músicas como o jazz de fusão com flamenco. É sempre um gosto recordá-lo.

julho 23, 2010

Wayne Shorter

Mascalero,(tribo apache) composição de Shorter imortalizada nas gravações com Miles Davis aqui num registo actual.

julho 22, 2010

Aziza Zadeh - Take Five

Aziza Mustafa Zadeh, nascida no Azerbaijão e presentemente na Alemanha é uma exótica e talentosa pianista e cantora de jazz e música tradicional. Mais uma vez o jazz nos liga...

julho 20, 2010

julho 19, 2010

Gal Costa & Tom Jobim

Uma daz vozes femininas mais conceituadas do Brasil, ao lado do incontornável mestre Tom Jobim, o tema é Dindi do mesmo.

Van Morrison

Dos melhores albuns da historia da pop/jazz (Moondance) apresento-vos um belissimo tema...

julho 18, 2010

Sting & David Sanborn

Um registo absolutamente criativo e empolgante. Sting no seu melhor e muito bem acompanhado por David Sanborn.

Herbie Mann

A flauta na sua essência e magia, Herbie Mann dedicou toda a sua carreira a este fantastico instrumento. Fez a fusäo entre o jazz e a bossa-nova, com a leveza caracteristica deste instrumento.

Joe Cohn

Joe Cohn  filho do grande saxofonista e compositor Al Cohn, aqui num belo desempenho com o seu 4et. É caso para dizer que, filho de peixe sabe nadar.

Paolo Conte

Um sr. do Jazz Europeu, Paolo Conte e o seu complexo mundo...

julho 17, 2010

Branford Marsalis

Para colmatar um belíssimo registo perdido aqui vai outro. Falta Kirkland e que falta nos faz!!!



Substitui este

Omar Hakim+ Herbie Hancock & Wayne Shorter

Omar Hakim é um baterista que se moveu do jazz para o rock/pop e para o Jazz. Tocou com McCoy Tynner, Weather Report, Sting, Dire Straits...Buddy Rich Band...David Bowie, Madonna,  Miles Davis. Ecléctico de sobra!



Fiz umas fotos de Omar, quando do 11º CascaisJazz onde actuou com McCoy Tynner. Era um menino talentoso...


julho 15, 2010

Renaud Garcia-Fons trio

Renaud Garcia-Fons apresenta-se como músico de jazz nos mais variados festivais dessa música e, como tal, pela sua editora Enja. . Não me atrevo a classificar de outro modo. Música de fusão do flamenco e do musette com o jazz, é um prazer ouvi-la e apreciar a sua enorme qualidade.


julho 14, 2010

Julian "Cannonball" Adderley

1963- 7tet de luxo
Cannonball Adderley - alto sax
Nat Adderley - cornet
Yusef Lateef - tenor sax, oboe, flute
Joe Zawinul - piano
Sam Jones - bass
Louis Hayes - drums

Um solo de oboé de Yusef Lateef, outro no piano de Joe Zawinul. Tudo no seu melhor. Sam Lones e Louis Hayes: a melhor secção rítmica do bebop...
Passaram mais de 50 anos e está tudo fresco...

Badi Assad

De Blusinha Branca é canja!

julho 12, 2010

julho 10, 2010

The days of Wine and Roses

Em 10 de Julho de 1947, nasceu um tipo que cedo deu ouvidos ao jazz. Festejo hoje com vinhos e rosas essa data.

julho 09, 2010

Eric Dolphy

Eric Dolphy estava destinado a ser uma das vozes mais inovadoras do sopro jazz. A morte surpreendeu-o em Berlim antes dos 40 e em circunstâncias polémicas. Ficaram alguns registos imortais...

Eric Dolphy (flute, clarinet, alto saxophone), Benny Bailey (trumpet), Pepsi Auer (piano), George Joyner (bass), Buster Smith (drums)



julho 08, 2010

Hubert Laws

Uma coisa que me faz lamentar, embora entenda as razões, são músicos de jazz talentosos abraçarem músicas menores para ganhar a vida. Hubert Laws é um desses casos. Flautista virtuoso, de formação clássica, faz dó ouvi-lo num funk de elevador por vezes ao lado de outro grande músico, George Benson, um mago da guitarra que também se entregou a uma musiquinha da treta. De Earl Klugh, como músico de jazz, pouco há a dizer... apenas que vende bem este smooth jazz...

julho 07, 2010

John Abercrombie Trio

Um dos meus guitarristas preferidos, num registo intimista bem ao meu gosto e de acordo com o ambiente em que me encontro; passarinhos do Guadiana...
 
John Abercrombie, guitar
 Dan Wall, orgão
 Adam Nussbaum, bateria.
Concerto em Varsóvia, 1993

julho 05, 2010

Chris Potter

Chris Potter, saxofonista que não me canso de ouvir nos trabalhos com o 7tet de Dave Holland, aqui num solo no tema Body & Soul. Tradição e criatividade.


julho 04, 2010

Carter Jefferson

Companheiro de Woody Shaw em vários álbuns, o saxofonista Carter Jefferson, cuja morte ocorreu aos 49 anos, não teve tempo para atingir um auge de carreira que decerto merecia.
É com Woody Shaw que aqui o vemos e ouvimos. Um solo notável.
A qualidade sonora é fraca devido ao original gravado em VHS.